15.
É sempre comum que, em tempos de guerra, os combatentes  que resistem tomem grandes porres e cantem e toquem músicas,  principalmente na ocasião de uma vitória. Lurdes se entristecia, sentada  em um canto, ouvindo a música alegre e desesperada dos bêbados, quando  um moribundo foi trazido. Era um rapaz com a pele ainda macia, parecia  recém chegado ao fronte. Metade do seu rosto estava faltando, sangrando  muito. A metade restante era estranhamente familiar. Sem parar de  dançar, o médico do acampamento deu o caso por perdido. Mesmo assim,  Lurdes decidiu salvar aquele pobre diabo, enquanto a fanfarra mórbida  dos camaradas continuava iluminando e aquecendo a fábrica reconquistada.

15.

É sempre comum que, em tempos de guerra, os combatentes que resistem tomem grandes porres e cantem e toquem músicas, principalmente na ocasião de uma vitória. Lurdes se entristecia, sentada em um canto, ouvindo a música alegre e desesperada dos bêbados, quando um moribundo foi trazido. Era um rapaz com a pele ainda macia, parecia recém chegado ao fronte. Metade do seu rosto estava faltando, sangrando muito. A metade restante era estranhamente familiar. Sem parar de dançar, o médico do acampamento deu o caso por perdido. Mesmo assim, Lurdes decidiu salvar aquele pobre diabo, enquanto a fanfarra mórbida dos camaradas continuava iluminando e aquecendo a fábrica reconquistada.